Peeling Químico: Conheça as Vantagens

Conforme envelhecemos a renovação de nossa pele passa a decorrer de forma mais lenta, e é exatamente neste momento que aparecem as rugas. O peeling químico transformou-se numa das técnicas mais procuradas por pessoas que partilham o mesmo objectivo: conseguir um aspecto mais jovem.
O peeling químico ajuda a região facial a renovar a pele, melhora a elasticidade facial, mantém uma aparência hidratada, saudável, viçosa, e ainda pode eliminar imperfeições e remover as manchas da pele.
É um tratamento indicado também para cicatrizes leves, certos tipos de acne, rugas finas, alguns casos de estrias e envelhecimento da pele em geral.
A pele danificada pelo sol, com manchas e mesmo rugas finas causadas pela exposição solar, pode melhorar bastante após o tratamento através deste tratamento.
O tratamento consiste na aplicação de agentes exfoliantes na área a ser tratada que irão remover  controladamente as camadas superficiais da pele e estimular a renovação celular.
Existem três tipos de peeling químico facial: superficial, médio e profundo.
Peeling químico superficial: remove a camada mais externa da pele, sendo ótimo para clarear manchas e retirar marcas de acne ou rugas superficiais;
Peeling químico médio: são utilizados ácidos que removem a camada externa e média da pele, sendo utilizado para tratar acne e rugas mais profundas;
Peeling químico profundo: remove as camadas de pele até ao nível interno, sendo recomendado para casos de pele danificada pelo sol e outras cicatrizes, como as de acne ou acidentes.
Para mais informações entre em contacto connosco
2018-10-16T13:43:34+00:00